A Proteção Civil emitiu esta sexta-feira, um aviso à população devido à previsão de queda de neve, vento e agitação marítima, aconselhando especial cuidado na condução, face à possível formação de lençóis de água nas vias de circulação.

Com base na informação meteorológica do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para as próximas 72 horas, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) salienta que hoje o vento, com rajadas de sudoeste, pode atingir os 80 quilómetros por hora no litoral e os 95 nas terras altas. Prevê-se que diminua de intensidade a partir do final da tarde de sábado.

Acima dos 600 a 800 metros de altitude, está prevista queda de neve nas regiões do norte e centro, nomeadamente nas serras do Gerês, Marão, Alvão, Montemuro e Estrela.

Na costa ocidental, a agitação marítima pode levar a ondas com mais de quatro metros de altura, a partir do início da madrugada, aumentando até seis metros a sul do cabo Raso. A norte do cabo, as ondas poderão atingir os 10 e os 12 metros, segundo a mesma fonte.

As condições descritas são favoráveis à formação de gelo nas estradas, piso escorregadio, danos em estruturas montadas ou suspensas, queda de ramos de árvores e acidentes na orla costeira, bem como derrocadas ou deslizamentos de terras.

A Proteção Civil recomenda medidas preventivas, como a limpeza dos sistemas de escoamento de águas, uma condução defensiva, reduzindo a velocidade, e a adequada fixação de estruturas soltas, como andaimes e placas,

Ter especial cuidado “na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros", evitando a circulação e permanência nestes locais, é outra recomendação.

Com estas condições não devem ser praticadas atividades relacionadas com o mar, seja pesca desportiva, desportos náuticos ou passeios à beira-mar.