Um casal foi detido por tentar comprar um recém-nascido logo após o nascimento, ocorrido em  novembro de 2015, no hospital de Santa Maria da Feira.

Os arguidos iriam comprar a criança a um casal estrangeiro e "com dificuldades económicas e sociais, mediante o pagamento de elevada quantia monetária e tendo em vista assumir a sua paternidade à margem do sistema legal de adoção".
 
Os detidos, de 23 e 30 anos de idade, vendedores ambulantes, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação. Em causa está o crime de tráfico de seres humanos.