A artista Joana Vasconcelos vai criar uma peça com nove metros de altura por 34 de comprimento intitulada «Valquíria» para instalar na Grande Praça, em Macau, em 2015, anunciou esta segunda-feira o ateliê da criadora.

De acordo com o ateliê, em Lisboa, a artista vai realizar no próximo ano exposições em Macau, no Brasil, em Singapura, na Suíça, e no Reino Unido.

Prevista para ser instalada em março, em Macau, a peça «Valkyrie Octopus» é, segundo o ateliê, a «mais complexa» peça da série «Valquíria» criada até ao momento e será instalada na Grande Praça do MGM Macau.

«Valkyrie Octopus» incorpora luz LED (Light Emitting Diode) e os seus braços irão estender-se ao longo de 34 metros pela praça, onde a inauguração está prevista para o dia 15 de março.

A artista terá também no próximo ano uma peça no Rio de Janeiro, no Brasil, a convite do Comitê RIO450, que irá celebrar os 450 anos da fundação da cidade.

Na última semana, em Lisboa, a artista apresentou esta nova peça nos Paços do Concelho: trata-se de um Galo de Barcelos com sete metros de altura, coberto de azulejos e também com luzes LED que ficarão acesas durante a noite.

O galo ficará colocado na Praia do Leme, junto ao bairro de Copacabana, e será inaugurado a 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Ainda no Brasil, depois de ter participado na exposição «Ciclo», com artistas de 13 países, no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo, será em 2015 apresentada na filial da mesma entidade em Brasília.

«Ciclo» celebra os 100 anos da criação das primeiras peças de arte «ready-made» criadas pelo artista Marcel Duchamp, e integra a obra «A Noiva», de Joana Vasconcelos, apresentada pela primeira vez no Brasil.

Entre os projetos previstos pela artista para o próximo ano estão ainda a criação de uma nova obra da série «Castiçais» para a Rothschild Foundation, entidade filantrópica com sede em Londres.

Duas torres gigantes compostas por garrafas de vinho serão instaladas nos jardins de Waddesdon Manor, em Buckinghamshire, com inauguração prevista para 16 de abril.

A exposição coletiva «Chapeaux!», já apresentada em Paris, irá viajar pela Suíça, a partir de sexta-feira.

Joana Vasconcelos participa neste projeto com «Microvalkyrie», a mais pequena «Valquíria», suspensa a partir de um chapéu de coco.

Ainda em 2015, a artista irá estar representada na Art Stage Singapore pela Pearl Lam Galleries, com a obra «Tetris 17th Century» instalada no centro da feira.

Joana Vasconcelos, 42 anos, nascida em Paris, mas a residir em Lisboa e com ateliê na capital portuguesa, tornou-se na primeira mulher e criadora mais jovem a expor algumas das suas obras no Palácio de Versailles, em Paris, em 2012.

Representou oficialmente Portugal na Bienal de Arte de Veneza 2013, num projeto comissariado por Miguel Amado, que levou um cacilheiro transformado em obra de arte ao recinto principal da mostra internacional contemporânea.