Um inquérito divulgado, nesta quarta-feira, revela que 27,2% das pessoas vacinaram-se contra a gripe, sendo que a maioria não o fez pela primeira vez.

Os dados constam na primeira avaliação do "Vacinómetro", para a época gripal 2016-2017, uma iniciativa da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar e do laboratório farmacêutico Sanofi Pasteur MSD.

Para o inquérito, foram auscultadas, via telefone, 1.500 pessoas residentes em Portugal - 974 mulheres e 526 homens - com doenças crónicas, com 60 a 64 anos, com mais de 65 anos ou profissionais de saúde em contacto com doentes (isto é, pessoas dos chamados grupos prioritários para vacinação contra a gripe).

A vacinação contra a gripe começou a 1 de outubro.

No estudo, das 408 pessoas vacinadas, a maioria, 81,4%, disse que não foi a primeira vez que o fez.

Quanto aos 1.092 inquiridos que ainda não se vacinaram, 57,6% afirmaram, contudo, que tencionam fazê-lo.

Das pessoas que se vacinaram contra a gripe, 37,2% tinham mais de 65 anos, 33,2% eram doentes crónicos, 20,9% eram profissionais de saúde e 17,4% tinham entre 60 e 64 anos.

Lançado em 2009, o "Vacinómetro" visa "monitorizar, em tempo real, a taxa de cobertura da vacinação contra a gripe em grupos prioritários recomendados pela Direção-Geral da Saúde".

A iniciativa decorre durante cinco meses, com os próximos resultados a serem divulgados a 8 de novembro, a 6 de dezembro e a 28 de fevereiro (resultados finais).