«Como no ano passado houve escassez, este ano foi feito um esforço e aumentou-se a importação de mais vacinas, o que permite que as pessoas que não se vacinaram no passado ano tenham oportunidade de o fazer este ano», explicou.