A maior parte do território de Portugal Continental e das ilhas apresenta, neste sábado, um risco “Muito Elevado” de exposição à radiação ultra violeta (UV), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

No continente, as regiões de Bragança, Vila Real, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Évora, Portalegre, Santarém, Lisboa, Sines e Beja apresentam risco “Muito Elevado”, bem como a Ilha da Madeira e as ilhas de São Miguel e Terceira, nos Açores.

Viana do Castelo, Braga, Coimbra, Leiria, Sagres e Faro têm risco “Elevado” e o Porto risco “Moderado”.

Para as regiões com risco 'Muito Elevado' e 'Elevado', o instituto recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'Baixo', 3 a 5 ('Moderado'), 6 a 7 ('Elevado'), 8 a 10 ('Muito Elevado') e superior a 11 ('Extremo').