A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) prolongou hoje o alerta amarelo para o Sistema Integrado de Operações de Socorro e para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais para os próximos cinco dias em todos os distritos.

Segundo a página na internet da ANPC, o alerta amarelo, que tinha sido emitido no dia 21, devido ao tempo quente e risco de incêndio, vai vigorar entre as 20:00 de hoje e as 20:00 de dia 28 e «pressupõe um reforço das medidas que garantem um estado de prontidão elevado para a intervenção».

No mesmo sítio na internet, a ANPC divulgou um aviso à população que dá conta de previsões de temperaturas máximas nos próximos dias no limiar dos 30 graus, humidade relativa próxima dos 30% e vento de norte/noroeste com intensidade da ordem dos 30km/h, que poderá ser acompanhado de rajadas 40km/h, em especial no litoral oeste.

A ANPC dedica especial atenção para sábado, quando está prevista a mudança de regime de vento, com rotação para nordeste.

Face às previsões de tempo quente e seco, a Proteção Civil considera existirem condições favoráveis à progressão de incêndios florestais.

A ANPC recorda que, nestas condições, é proibida a realização de queimadas, fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos.

É também proibido lançar balões com mecha acesa ou foguetes, fumar ou fazer lume em espaços florestais e vias que os circundem, fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

A ANPC recomenda ainda "a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio florestal" que se dedique especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto dos sítios da internet da ANPC e do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), junto dos gabinetes técnicos florestais das câmaras municipais e dos corpos de bombeiros.

De acordo com o IPMA, 33 concelhos dos distritos de Vila Real, Braga, Porto, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra, Leiria, Santarém e Castelo Branco apresentam no sábado o risco máximo de incêndio.