A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, identificou e deteve uma mulher pela presumível prática de crime de incêndio.

Os factos criminosos ocorreram no passado domingo, no concelho de Cascais, quando a arguida fez deflagrar um incêndio numa viatura alheia de valor consideravelmente elevado, provocando a sua destruição.

Segundo a investigação apurou, a atuação da detida terá sido motivada por questões de natureza pessoal e passional.

A detida, de 43 anos de idade, vai ser sujeita a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.