Mais de metade dos alunos inscritos para os exames nacionais do ensino secundário manifestaram a intenção de prosseguir estudos para o ensino superior, registando-se uma ligeira redução em relação a 2013, de acordo com dados do Ministério da Educação.

Segundo os dados estatísticos divulgados hoje pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC), relativos às inscrições para os exames nacionais de 2014, 88.356 alunos inscritos (56% de um total de 158.566) manifestaram intenção de continuar a estudar e de se candidatarem a um curso superior.

Em comparação com 2013, há uma redução este ano de 1%: no ano passado, eram 57% os inscritos para exame que queriam seguir para uma universidade ou politécnico.

Os dados revelam também que há uma redução de quase mil alunos no total do número de inscritos nos exames: em 2013 eram 159.153 e, em 2014, são 158.566. As proporções por género mantêm-se inalteradas: 45% são rapazes e 55% são raparigas.

Cada aluno inscrito para exame vai realizar uma média de 2,22 exames. Vai realizar-se um total de 346.406 exames nacionais, mas, ao todo, o número sobre a 351.848 exames, considerando que este último valor integra as provas de equivalência à frequência do ensino secundário.

A idade média dos inscritos ronda os 17,5 anos, semelhante à de 2013.

De acordo com os dados divulgados, 18% dos inscritos vão fazer pelo menos um exame para melhoria de nota e outros 18% só vão fazer exames, com o único objetivo de se candidatar ao ensino superior. Não há alteração nestas percentagens em relação a 2013.

Ciências e Tecnologias constituem o curso do ensino secundário que leva mais alunos a exame (77.698), representando praticamente metade do total dos inscritos (49%). Segue-se Línguas e Humanidades, com 32.048 inscritos (20% do total). A distribuição por áreas de estudo dos inscritos em exame é semelhante a 2013

Os alunos do ensino profissional secundário representam apenas 1% do total de inscritos, com 1083 alunos.

Português, Biologia e Geologia, Física e Química A e Matemática A são, como habitualmente, os exames mais concorridos, com 74.358, 56.005, 54.999 e 50.044 alunos inscritos em cada um deles, respetivamente.

A primeira fase dos exames nacionais do ensino secundário tem início na próxima semana, a 17 de junho, com a prova de Português, e termina a 27 de junho, com as provas de Geometria Descritiva A e Literatura Portuguesa.

Os resultados da primeira fase são divulgados a 11 de julho.