elogios feitos pelo Comité de Política Social da União Europeia às reformas nana saúde e nas pensões de reforma

«Aquilo que verificamos em Portugal é que a situação se agrava, e é curioso porque ainda ontem (terça-feira) tivemos oportunidade, e hoje também, de assistir a protestos das populações porque umas não têm médico de família, outras tinham o Centro de Saúde a funcionar, mas deixou de funcionar por falta de médicos».

«Dá ideia que as pessoas que fizeram esse relatório não andaram no terreno a ver aquilo que efetivamente se passa»












Reformados estranham elogios

«Há, e houve, poupança, mas à custa da saúde dos portugueses. Toda a gente fala na degradação do Serviço Nacional de Saúde (SNS), no atendimento. Quem tem ADSE recorre às clínicas privadas, em vez de ir aos hospitais públicos, pois pagam menos. São situações que deixam algumas dúvidas quanto à veracidade com que o relatório foi feito»