O ex-presidente da Câmara Municipal da Torre de Moncorvo, Aires Ferreira, foi encontrado morto, esta manhã, em casa, com a ex-mulher, apurou a TVI.

Em causa estará um homicídio seguido de suicídio, segundo os primeiros indícios recolhidos no local.





Em declarações à Lusa, o comandante dos bombeiros de Torre de Moncorvo, Manuel Almeida, confirmou tratar-se dos corpos de Aires Ferreira e da sua ex-mulher.

Segundo o tenente-coronel Carlos Felizardo, relações públicas do Comando Distrital da GNR de Bragança, o alerta foi dado às 11:45 pela empregada de limpeza daquela residência da ex-mulher do autarca.

O oficial da GNR adiantou que a Policia Judiciária já foi chamada ao local.

O presidente da federação distrital do PS de Bragança, Jorge Gomes, confirmou tratar-se dos corpos do «engenheiro Fernando Aires Ferreira e da companheira».

Aires Ferreira, do PS, deixou a autarquia após as eleições de setembro, depois de sete mandatos consecutivos.

«Era um grande militante do PS», disse Jorge Gomes.

No local estiveram uma ambulância dos bombeiros locais, com seis homens, e uma ambulância Suporte Imediato de Vida do INEM, sediada em Vila nova de Foz Coa.