A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção de um «homem fortemente» indiciado por um crime de incêndio florestal em Baião.

O suspeito, de 63 anos, será o presumível autor de um incêndio ocorrido em Santa Cruz do Douro, freguesia do concelho de Baião, no dia 14 de junho.

O homem terá, segundo a PJ, atuado «num quadro de adição, por ingestão de álcool, sem motivação subjacente».

O suspeito «resolveu atear fogo, com recurso a um isqueiro e a um maçarico, numa zona agrícola e densamente povoada por vegetação arbustiva», lê-se num comunicado daquela autoridade policial.

O incêndio colocou em risco uma zona agrícola e florestal, para além do casario próximo.

Só a intervenção dos bombeiros, de acordo com a PJ, impediu as chamas de atingirem as habitações.

O detido está reformado por invalidez e vai ser presente a primeiro interrogatório judicial.