Um jovem português foi condenado por um tribunal de Dublin a cinco anos de prisão e à deportação após o cumprimento da sentença por transportar cocaína em embalagens de champô, noticiou um jornal irlandês na terça-feira.

Segundo o «Independent», Tiago Livramento, de 22 anos, foi apanhado no ano passado no aeroporto da capital irlandesa com droga embalada em preservativos e escondida dentro do champô, tendo a polícia descoberto posteriormente que o estudante tinha também ingerido duas cápsulas de cocaína.

O valor total da substância, que se destinava ao tráfico, era de 10.166 euros, embora o português tenha alegado durante o julgamento que a droga lhe tinha sido entregue por um irlandês na Argentina, de onde viajou via Paris.

Além do crime, o jovem colocou a vida em risco, referiu a juíza Patricia Ryan, citada pelo mesmo jornal, por as cápsulas que ingeriu terem só uma camada, sendo provável que rebentassem caso não as tivesse expelido.

O tribunal decretou uma sentença de cinco anos de prisão com três suspensos e a deportação do português após o cumprimento da pena efetiva, estando proibido de regressar ao país nos dez anos seguintes.