A Polícia Judiciária deteve dois homens suspeitos de roubo à mão armada a carrinhas de transporte de valores, sobretudo entre Lisboa e Cascais, informa hoje um comunicado da PJ.

Os detidos integravam um grupo de quatro pessoas «extremamente perigosas, duas das quais já tinham sido anteriormente detidas», refere a nota.

O grupo «dedicava-se à prática de crimes de roubo à mão armada a carrinhas de transporte de valores, nomeadamente no eixo Lisboa-Cascais», acrescenta a nota da PJ.

Com 30 e 46 anos de idade, os detidos vão ser submetidos a primeiro interrogatório judicial.

A operação foi realizada pela Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo (UNCT), departamento que a agência Lusa contactou no sentido de obter mais dados, tendo sido informada que só hoje à tarde será possível disponibilizá-los.