O Papa Francisco nomeou esta sexta-feira como bispo da Diocese de Aveiro António Manuel Moiteiro Ramos, até agora bispo auxiliar da Arquidiocese de Braga, anunciou fonte diocesana.

O prelado, de 58 anos, toma posse diante do Colégio dos Consultores a 13 de setembro, ato que por vontade própria decorrerá de forma privada junto ao túmulo da Princesa Santa Joana, sendo a entrada oficial na Sé feita a 14 de setembro, pelas 16:00.

António Manuel Moiteiro Ramos nasceu na Aldeia de João Pires, do concelho de Penamacor, do Distrito de Castelo Branco e Diocese da Guarda, em 17 de maio de 1956. Frequentou os Seminários Diocesanos do Fundão e da Guarda.

Ordenado presbítero em 08 de abril de 1982, iniciou o ministério pastoral como vigário paroquial das paróquias de S. Vicente e de S. Miguel da Guarda e, em 1987, foi nomeado pároco, como membro de uma equipa sacerdotal das paróquias de S. Miguel da Guarda, Alvendre, Avelãs de Ambom, Rocamondo e Vila Franca do Deão.

Em 1996 foi diretor espiritual do Seminário Maior da Guarda, acumulando, ao mesmo tempo, com a assistência pastoral às paróquias de João Antão, Santa Ana d`Azinha e Panoias.

Em 2006, e também como membro de uma equipa sacerdotal, foi nomeado pároco da Sé e de S. Vicente, na cidade da Guarda.

Ao longo de trinta anos de sacerdote, exerceu outros serviços na Diocese da Guarda, tais como o de responsável pelos Departamentos de Catequese da Infância e Adolescência e do ensino da Igreja nas escolas e, finalmente, o de diretor do Secretariado Diocesano da Educação Cristã, Coordenador da Pastoral, assistente diocesano das Conferências Vicentinas, membro do Conselho Presbiteral, do Conselho Episcopal e do Conselho de Pastoral.

Entre 1984 e1986, fez a licenciatura em teologia, com especialidade em catequética, no Instituto Superior de Teologia de San Dâmaso, em Madrid, filiado na Universidade Pontifícia de Salamanca e nos anos 1994-1996, frequentou as aulas no Instituto Superior de Pastoral, em Madrid, concluindo o doutoramento em teologia pastoral, em 1997, com a tese «Os catecismos portugueses da infância e adolescência de 1953-1993».

Desde 1987, foi professor de catequética no Seminário Maior da Guarda e professor de teologia pastoral no Instituto Superior de Teologia Beiras e Douro, com sede em Viseu.

Foi nomeado bispo-auxiliar da Arquidiocese de Braga em 08 de junho de 2012, pelo papa Bento XVI, com o título de bispo-titular de Cabarsussi, recebendo a ordenação episcopal em 12 de agosto de 2012, na sé da Guarda, presidida pelo cardeal D. José Saraiva Martins, tendo como bispos ordenantes D. Manuel da Rocha Felício e o arcebispo D. Jorge Ferreira da Costa Ortiga.

É vogal da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé e da Comissão Episcopal da Missão e Nova Evangelização. Escolheu para seu lema episcopal: «É preciso que Jesus reine».