Mais de mil bombeiros estavam às 14 horas de hoje a combater as chamas em nove incêndios em Portugal continental, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O incêndio na serra do Caramulo, distrito de Viseu, mantém-se ativo com duas frentes estando a ser combatido por 366 homens ajudados por 101 viaturas operacionais, dois helicópteros bombardeiros e quatro aviões bombardeiros.

Este fogo que deflagrou na quarta-feira já provocou a morte de uma jovem bombeira de Alcabideche e feriu com gravidade outro elemento da corporação do Estoril, que se encontra internado na unidade de queimados do Hospital de S. João, no Porto, com «prognóstico muito reservado».

Um outro incêndio com três frentes ativas na localidade de São Pedro da Veiga de Lila está a mobilizar 185 bombeiros, 50 veículos operacionais, um helicóptero e dois aviões.

Na localidade de Ervedal, concelho de Oliveira do Hospital e distrito de Coimbra, o incêndio que deflagrou às 10:12 de hoje está a mobilizar 215 bombeiros apoiados por 41 veículos operacionais e dois helicópteros bombardeiro.

No distrito de Viana do Castelo, a proteção civil destaca o fogo que lavra na localidade Sra. Boa Morte/Correlhã, concelho de Ponte Lima.

Às 14 horas estavam a combater este incêndio 125 bombeiros e 36 veículos operacionais.

Durante o dia de sábado, a Proteção Civil detetou 266 incêndios florestais e de mato, cujas operações envolveram 4.987 bombeiros e 1.317 veículos operacionais.