O incêndio que quarta-feira deflagrou num prédio habitado, no centro do Porto, já foi extinto, tendo as águas furtadas ficado totalmente destruídas e o edifício sido evacuado e fechado durante a noite por precaução, não havendo feridos a registar.

O alerta para o incêndio num prédio habitado na Rua Conde de Vizela foi dado às 21:28 de quarta-feira, tendo o chefe Teixeira, dos Bombeiros Sapadores do Porto, explicado à agência Lusa que o fogo foi extinto às 23:45.

De acordo com a mesma fonte, o incêndio no prédio de quatro andares, no centro do Porto, deflagrou nas águas furtadas, não havendo feridos a registar porque quem estava no edifício aquando do início do fogo fugiu de imediato para a rua.

«Depois do fogo extinto, a Proteção Civil da Câmara do Porto esteve no local e, após a avaliação do prédio, decidiu fechá-lo por precaução, tendo os seus habitantes que ser realojados por esta noite», disse, não sabendo especificar quantas pessoas estão em causa.

O responsável pelos Sapadores do Porto adiantou que as causas do incêndio estão ainda por apurar.

No local estiveram no total 19 bombeiros, Polícia Municipal, Proteção Civil da Câmara do Porto e INEM.