Um incêndio consumiu parcialmente, na última noite, uma fábrica de colchões e tapetes em Santiago de Candoso, Guimarães.

Segundo fonte dos bombeiros, o alerta foi dado cerca das 23:15 de segunda-feira, pouco mais de uma hora depois de os trabalhadores terem abandonado a fábrica.

A fonte acrescentou que as chamas apenas atingiram «a tecelagem antiga» da fábrica, enquanto a nova «conseguiu escapar».

No combate às chamas estiveram 49 homens das corporações de Guimarães, Taipas, Fafe e Vizela, que deram os trabalhos por concluídos já depois das 03:00.