O incêndio em mato que deflagrou na sexta-feira na Covilhã e que era combatido por um total de 260 homens foi hoje dominado, ao início da tarde, de acordo com a informação avançada pela Proteção Civil.

Além do forte contingente humano, estiveram envolvidos 78 veículos, três helicópteros e três aviões no ataque às chamas. As chamas obrigaram mesmo à evacuação de mais de 200 pessoas de um Parque de Campismo e um hotel na Serra da Estrela.

Também um incêndio de menores dimensões, em Penedos Letras (Braga), que se tinha iniciado hoje pelas 14:00, foi rapidamente dominado pelos 37 operacionais que combateram as chamas, com o auxílio de 9 viaturas terrestres e um helicóptero de ataque inicial.

Por esta altura, seguem cinco incêndios ativos no país, sendo o que afeta a Serra do Caramulo, no distrito de Viseu, o que mobiliza mais meios humanos.

Às 15:00, estavam no local 304 operacionais e 85 veículos e um helicóptero bombardeiro.

À mesma hora, no distrito de Vila Real, prosseguiam ativos três incêndios: um em Torneiros/Beça, concelho de Boticas, um em Santo António de Monforte e outro em Calvão, ambos no concelho de Chaves.

A estes, soma-se o incêndio que deflagrou esta manhã no concelho de Arcos de Valdevez, em Viana do Castelo.

De acordo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o incêndio de mato deflagrou às 10:15 nas localidades de Ponte de Ervideira e Padroso, estando às 14:50 com uma frente ativa e mobilizando 48 bombeiros, 11 veículos e dois helicópteros de ataque inicial.