Notícia atualizada às 19:20

As duas explosões que ocorreram este sábado, ao início da tarde, em Vila Real, na sequência de uma fuga de gás, provocaram, afinal, mais vítimas do que inicialmente foi avançado: nove pessoas ficaram feridas sem gravidade, sete delas bombeiros. As explosões destruíram, ainda, uma habitação em Ferreiros, na freguesia de Borbela, disse à agência Lusa fonte do CDOS de Vila Real.

Uma primeira explosão, um pouco antes das 14:00, provocou dois feridos ligeiros «civis», vizinhos da habitação, que tiveram de ser transportados de ambulância para o Hospital de Vila Real. Já durante as operações de rescaldo, cerca de uma hora depois, uma segunda explosão acabou por ferir sete bombeiros, que ficaram com queimaduras e inalaram fumos.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), o alerta foi dado pelas 13:45 e a habitação ficou «totalmente destruída».

No local, estão 26 meios operacionais e 71 bombeiros.