Três tripulantes que se encontravam a bordo de uma embarcação de recreio espanhola encalhada na Ilha Deserta (Faro/Algarve) foram salvos esta sexta-feira e estão bem de saúde, disse à agência Lusa fonte da Autoridade Marítima do sul.

A embarcação de recreio registada no porto de Alicante (Espanha) encalhou pelas 06:30, na Ilha Deserta, a cerca de 200 metros a oeste da entrada da barra Faro-Olhão, com três tripulantes a bordo, dois de nacionalidade espanhola e um de nacionalidade romena e com idades entre os 35 e os 57 anos, explicou Malaquias Domingues, comandante da Capitania do Porto de Faro.

O iate provinha de Cádis e rumava à marina de Vilamoura, no Algarve.

O alerta da ocorrência foi recebido na Capitania do porto de Faro e Comando local da Polícia Marítima de Faro pelas 07:05, através do Centro de Operações Marítimas, tendo a Polícia Marítima chegado ao local às 07:30.

«O comandante da embarcação de recreio foi notificado para apresentar um plano de remoção da mesma», mas a embarcação está até ao momento [até às 15:30], no local onde encalhou, acrescentou o Malaquias Domingues.