A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de dois homens, um dos quais com mandado de detenção europeu pendente, por alegado envolvimento num rapto e em tentativa de extorsão a um homem de Matosinhos, no dia 25 de maio deste ano.

Um comunicado da Diretoria do Norte da PJ indica que a vítima foi raptada em Matosinhos, obrigada a circular com os autores do crime por várias outras localidades no norte do país, pelo período de quatro horas, para a pressionar a entregar dinheiro.

A PJ explica que a extorsão não chegou a acontecer e que a vítima foi libertada «sob promessa de entregar nos dias seguintes uma parte substancial do valor que lhe foi exigido».

O comunicado indica ainda que os suspeitos estão indiciados também por dano com violência, «por meio de disparos com arma de fogo», neste caso visando outra pessoa e o seu automóvel, em crimes realizados nos meses de março, maio e julho deste ano.

Os detidos, de 38 e 63 anos, já tinham «antecedentes criminais pela prática de tráfico de estupefacientes», adiantou ainda a PJ à agência Lusa.

O mandado de detenção europeu pendente sobre um dos arguidos tinha sido emitido pelas autoridades espanholas.