A Ordem dos Médicos Veterinários alertou hoje para a existência de uma campanha de esterilização de animais que estará a ser feita de forma ilegal e que poderá pôr em risco a saúde dos animais.

Num comunicado, assinado pela bastonária da Ordem, Laurentina Pedroso, afirma-se que está a decorrer em Palmela uma campanha de esterilização de animais por parte de «alegados médicos veterinários de nacionalidade estrangeira, que não se encontram inscritos» na Ordem nem pediram autorização para exercer em Portugal.

E acrescenta o comunicado que não existem garantias de que possuam as habilitações necessárias para o exercício da medicina veterinária, pelo que poderá estar em risco a saúde e o bem-estar dos animais.

Ainda que a situação já tenha sido reportada às autoridades a Ordem alerta a população para «proteger os seus animais de companhia, não participando na referida campanha».

É que, acrescenta-se no documento, os responsáveis pela campanha «atuam ilegalmente no país em locais sem quaisquer condições para a realização de tais práticas médicas e cirúrgicas e consta que estarão em campanhas no sul do país» no próximo fim de semana.