A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem de 25 anos suspeito de manter sequestrada e agredir violentamente a companheira.

O suspeito vivia em comunhão de facto com a vítima, juntamente com três filhos menores, numa residência situada no concelho de Águeda.

Segundo a PJ, o indivíduo agredia a companheira «das mais variadas maneiras, com extrema violência, tendo-a mantido em cativeiro na casa onde moravam por um período de cinco dias».

Na passada quarta-feira, o agressor terá deixado a mulher sair da habitação para levar as crianças à escola e foi nessa altura que a vítima pediu ajuda.

O homem suspeito dos crimes de sequestro agravado e de violência doméstica foi presente esta quinta-feira a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicadas como medidas de coação a colocação de pulseira eletrónica e proibição de contactos.