O Tribunal de Famalicão obrigou esta quarta-feira a acompanhante do homem que fugiu algemado quarta-feira, depois de ter praticado vários assaltos na região norte, a apresentar-se diariamente na esquadra da PSP de Braga.

Quando foi detida pela GNR, em Famalicão, a mulher tinha na sua posse uma faca que terá sido usada para a prática de crimes durante essa noite.

O homem que a acompanhava também foi detido e algemado, mas mesmo assim conseguiu fugir ao volante de uma viatura da GNR, encontrando-se ainda a monte.

Os dois foram detidos pela GNR após alegadamente terem consumado vários assaltos, o último dos quais a uma pastelaria em Vale S. Cosme, Famalicão.

A mulher foi metida numa viatura da GNR e o homem noutra.

Enquanto, no exterior, os militares definiam o destino a dar aos detidos, o homem saltou para o banco da frente da viatura da GNR, pôs-se ao volante e fugiu a alta velocidade.

Conduziu durante cerca de 15 quilómetros, vindo depois a abandonar o carro na circular externa de Braga.

É de Ferreiros, Braga, e está referenciado pelas autoridades como autor de diversos furtos e roubos.

A GNR continua as buscas para o tentar localizar.