O Tribunal de Braga aplicou hoje apresentações bissemanais na PSP ao homem de 29 anos que na segunda-feira terá baleado a namorada, naquela cidade, informou fonte judicial.

O arguido fica ainda proibido de contactar com a vítima e de adquirir ou usar qualquer tipo de arma.

Está indiciado pelos crimes de homicídio qualificado na forma tentada e posse de arma proibida.

A vítima, de 37 anos, foi alvejada num braço e no abdómen, tendo sido transportada para o hospital, mas já teve alta.

O crime ocorreu pelas 05:30 , na Rua de Santa Justa, em Braga, junto à residência do arguido, que trabalha como segurança num estabelecimento de diversão noturna.

Hoje, perante o juiz de instrução criminal, o arguido negou a intenção de matar.

O homem acabou por ser detido no Hospital de Braga, para onde se deslocou alegadamente para se inteirar do estado da namorada.