ACTUALIZADA ÀS 17h53

O Túnel do Marquês, em Lisboa, foi encerrado devido à manifestação convocada pela CGTP-IN e que está a decorrer na cidade, não havendo indicações da PSP sobre a que horas será restabelecido o tráfego naquela via.

Veja aqui as imagens

Contactada pela Lusa, a PSP informou que a circulação automóvel está cortada no Túnel do Marquês e que está a proceder ao corte de trânsito «na área do Saldanha, Restauradores, Avenida da Liberdade, Rua Artilharia 1 e Rua Joaquim António Aguiar».

Manif junta mais de 200 mil

A PSP já adiantara esta manhã que o trânsito iria estar condicionado nas artérias utilizadas pelos manifestantes.

Veja imagens aéreas da Manif

Como forma de tentar contornar os efeitos que esta manifestação possa provocar na circulação automóvel, a PSP aconselha a utilização de transportes públicos.

«O trânsito para os transportes públicos vai ser facilitado e as faixas de BUS vão ficar desimpedidas», informou a polícia.

Sócrates com nariz de Pinóquio

A primeira manifestação do ano organizada pela CGTP começou com uma concentração no alto da Rua Joaquim António de Aguiar, em Lisboa, com o Marquês de Pombal à vista, debaixo do lema «Mudar de Rumo, Mais Emprego, Salários e Direitos».

Veja o discurso de Carvalho da Silva

Bandeiras da Frente Comum e do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (SPAL) enchem de tons vermelho e branco a longa rua, ao mesmo tempo que a cabeça do protesto é conduzida por uma faixa onde se pode ler «Pela manutenção do vínculo público, em defesa dos serviços públicos».

Num cartaz lê-se «Sócrates/PS - Tenha vergonha da sua política, não dê mais barraca», acompanhado de uma bandeira preta, simbolizando o luto. Mais atrás, nova crítica ao Governo socialista: «Função Pública - Governo não cumpriu, Governo mentiu».

Alguns manifestantes vestem mesmo uma t-shirt com uma fotografia manipulada do primeiro-ministro com um nariz de Pinóquio, apelidando a política de José Sócrates de «prepotente, imoral e repressiva».