Um raio atingiu, este domingo, o para-raios da Petrogal, em Matosinhos, distrito do Porto, causando uma falha no sistema elétrico, adiantou à agência Lusa fonte da câmara local.

Segundo a fonte, o reinício do funcionamento da fábrica causou uma “grande” nuvem de fumo, mais do que é habitual, alarmando a população.

Mas não se passou mais nada, não houve incêndio, não houve feridos, nada, foi apenas o arranque das fábricas que causou alarme”, explicou.

A agência Lusa contactou os Bombeiros Voluntários de Matosinhos-Leça que referiram que o “que houve” foi resolvido pelo departamento de segurança da refinaria, não tendo sido necessário deslocar-se ao local.