A Marinha Portuguesa anunciou hoje o resgate, durante a madrugada, do único tripulante do veleiro “Air Caress”, que sofreu um incêndio a bordo quando navegava a 350 quilómetros a nordeste da ilha de São Miguel, Açores.

Em comunicado, a Marinha refere que na operação foi empenhado o navio mercante 'Drawsko', que se encontrava a navegar a cerca de 20 milhas náuticas (cerca de 37 quilómetros) do veleiro, e foi ativado um avião C-295 da Força Aérea e a corveta da Marinha João Roby.

Chegado ao local, o navio mercante confirmou a existência de um incêndio a bordo do veleiro e procedeu à recolha do único tripulante que se encontrava na balsa salva-vidas. O NRP [Navio da República Portuguesa] João Roby seguiu para o local das operações para efetuar a recolha do velejador, estando previsto atracar no Funchal no dia 26 pela tarde”, acrescenta a nota.

O tripulante do veleiro, de nacionalidade francesa, não necessitava de cuidados médicos.

O alerta foi enviado pelo veleiro através da ativação do sinal rádio, quando a embarcação se encontrava a navegar a cerca de 165 milhas náuticas (aproximadamente 305 quilómetros) a nordeste da ilha de São Miguel – Açores.