A ministra da Administração Interna fez um "balanço muito positivo" da operação de prevenção e segurança da PSP em torno das comemorações dos adeptos do Benfica e congratulou-se que as festividades tenham "decorrido dentro da normalidade".

Faço um balanço muito positivo como não podiam todos deixar de fazer. As festividades decorreram dentro da normalidade", disse Constança Urbano de Sousa, referindo que isso "implicou um forte dispositivo de segurança para evitar alterações à ordem pública e excessos".

Em sua opinião, "correu tudo bem e a festa no Marquês [Praça Marques de Pombal em Lisboa] foi uma verdadeira festa".

A ministra falava aos jornalistas no quartel da Pontinha, onde decorreu a cerimónia militar do aniversário da Unidade de Intervenção (UI) da Guarda Nacional Republicana.

Entretanto, a PSP de Lisboa anunciou esta segunda-feira que, durante os festejos do título de campeão nacional de futebol pelo Benfica, foram detidas 15 pessoas, 11 das quais por posse de artefacto pirotécnico.

Segundo a PSP, cinco pessoas foram detidas na zona do Estádio da Luz por posse de artefacto pirotécnico e outras seis foram detidas na zona da Praça do Marquês de Pombal, pelo mesmo motivo.

A PSP efetuou ainda uma detenção na zona do Estádio da Luz por roubo por esticão, tendo na zona do Marquês de Pombal realizado duas detenções por injúrias e tentativa de agressões a agente e uma outra por roubo por esticão.

Na operação de prevenção e dissuasão da criminalidade durante os festejos na cidade de Lisboa foram ainda apreendidos os diversos objetos pirotécnicos na posse dos adeptos.

Em termos gerais, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP enaltece "o bom comportamento dos adeptos e a colaboração das várias entidades envolvidas durante os festejos da conquista do título pelo Sport Lisboa e Benfica, após vencer domingo em casa o Nacional da Madeira, por 4-1, na última jornada do campeonato da primeira divisão.