O tribunal de Sintra condenou um homem a cinco anos de prisão efetiva por ter praticado três crimes de violência doméstica sobre a cônjuge e dois dos três filhos, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.

O Juízo de Média Instância Criminal de Sintra, em acórdão de 30 de janeiro, decidiu, ainda, que o homem pague uma indemnização civil aos filhos.

Foi ainda decretada a prisão preventiva ao arguido enquanto aguarda o trânsito em julgado.

A acusação tinha sido deduzida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Sintra.