"Esta contratação terá sido uma forma de compensar o arguido pela perda do emprego, na sequência de condutas ilícitas levadas a cabo no âmbito do acordo estabelecido entre ambos".


















Manuel Godinho foi condenado