O presidente do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça revelou, esta quinta-feira, que um novo sistema informático vai ser lançado na para substituir o Citius.

Rui Pereira admitiu, no Fórum da TSF, que o Governo já sabe que o Citius vai bloquear no prazo máximo de três anos pelo que o colapso agora verificado estava pré-anunciado.

«É um projeto que, para correr bem, não pode demorar menos de três anos e algumas dezenas de milhões de euros. É um site que tem de ser desenvolvido à medida, tem que ser desenhado, tem que ser feito um concurso público internacional dado o valor em causa e, portanto, estimamos que sejam três anos», afirmou.

O responsável, que lidera a equipa que faz a gestão da plataforma Citius, anunciou ainda que as bases para a criação do novo sistema informático para a Justiça estão já a ser lançadas.

O Citius está sem funcionar há várias semanas o que levou, na quarta-feira, a ministra da Justiça a admitir a existência de «transtornos» pelos quais assumiu a responsabilidade politica.