O antigo judoca olímpico Pedro Soares foi condenado esta terça-feira a uma pena de multa de 800 euros por posse de arma e munições proibidas, pela Secção de Pequena Criminalidade de Lisboa.

Com 40 anos e atual treinador da secção de judo do Sporting, o ex-judoca foi detido em outubro pela Polícia de Segurança Pública, numa discoteca de Lisboa, onde trabalha como segurança.

O julgamento ocorreu em processo sumário e resultou na ordem de pagamento de uma multa de 100 dias à taxa diária de oito euros (o que, no total, dá os tais 800 euros), valor que pode ser substituído por trabalho comunitário, disse à Lusa fonte judicial.

Um segundo arguido no processo, acusado de detenção de arma ilegal, foi condenado a uma pena de multa de 90 dias à taxa diária de seis euros (540 euros).

Durante o julgamento sumário, que decorreu no juiz 3 da Secção da Pequena Criminalidade da Instância Local da Comarca de Lisboa, no Campus da Justiça, foram inquiridas sete testemunhas.