A GNR deteve sábado 55 condutores, dos quais 37 por excesso de álcool e 15 por falta de carta de condução, em operações realizadas em todo o país que envolveram a fiscalização de 5.582 automobilistas, noticia a Lusa.

Segundo os dados provisórios da actividade rodoviária disponibilizados pela GNR, dos 5.582 condutores fiscalizados, 1.568 foram testados ao consumo de álcool, e 75 apresentaram excesso. Destes, 37 tinham mais de 1,2 g/l de álcool no sangue, tendo sido detidos.

No total da operação, foram autuados 1.050 condutores, dos quais 83 por terem cometido infracções muito graves.

Além do controlo do álcool, a GNR testou ainda dois condutores pelo consumo de substâncias psicotrópicas, tendo ambos dado resultados positivos.

No que se refere ao excesso de velocidade, foram controlados 14.758 veículos, dos quais 160 circulavam em velocidade superior à permitida por lei.

Quanto à sinistralidade rodoviária ocorrida sábado, a GNR totalizou 181 acidentes, dos quais resultaram sete feridos graves e 59 ligeiros.