Uma colisão em cadeia causou cinco feridos e obrigou ao corte de trânsito na A1, esta terça-feira, entre Santo Ovídio e a saída para a A29, sentido norte-sul, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores de Gaia.

A circulação foi restabelecida às 13:10.

Segundo a fonte, os cinco feridos, cuja gravidade ainda se desconhece, estiveram encarcerados e foram auxiliados pelos Sapadores de Gaia, os Bombeiros de Coimbrões e o INEM, que estiveram no local com três ambulâncias e uma viatura de desencarceramento.

Segundo fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), os cinco feridos foram encaminhados para o Centro Hospitalar Gaia/Espinho e o seu estado não inspira cuidados, apesar de dois homens de 20 e 26 anos terem sido retirados dos veículos por viaturas de desencarceramento.

Fonte do Destacamento de Trânsito da Guarda Nacional Republicana do Porto informou que estiveram en volvidas neste acidente um pesado e três viaturas ligeiras e que o alerta foi dado às 12:06.

O choque em cadeia deu-se ao quilómetro 296, em Vila Nova de Gaia, sentido norte-sul.