A Polícia Judiciária (PJ) anunciou a identificação e detenção de uma mulher acusada de tráfico de espécies protegidas. A mulher foi apanhada na posse de mais de 60 ovos de papagaio de cauda curta, uma espécie protegida, provenientes do Brasil.

A detenção foi feita pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), conjuntamente com a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) e com o apoio do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICN-F).