Um cidadão estrangeiro foi detido no aeroporto de Lisboa na posse de elevada quantidade de cocaína, que caso chegasse aos circuitos de distribuição ilícita daria para cerca de 31 mil doses individuais, informou a Polícia Judiciária.

Segundo a PJ, a cocaína vinha dissimulada na estrutura de uma mala de viagem que o detido transportava desde um país da América do Sul para a capital portuguesa.

A detenção ocorreu durante o controlo que regularmente é exercido sobre os movimentos de passageiros com origem em países considerados de risco, destinado à prevenção da introdução de droga em Portugal e em outros países europeus, através dos aeroportos internacionais.

O detido, de 24 anos, foi submetido a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado a aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva.

O caso está a cargo da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE) da PJ, que prossegue a investigação.