O Ministério Público (MP) acusou dois homens, de nacionalidade venezuelana, por transportarem droga, no organismo e numa mala, num voo proveniente de São Paulo, no Brasil, divulgou esta segunda-feira a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Os arguidos foram detidos no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia, distrito do Porto, a 9 de março e 1 de maio deste ano, salientou.

Acusados de tráfico de droga, os suspeitos aguardam o decorrer do processo em prisão preventiva – medida de coação mais gravosa, disse a procuradoria.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), citada numa nota da PGD, um dos arguidos, que viajava de São Paulo, no Brasil, para Barcelona, em Espanha, foi detido no aeroporto português com mais de 4.500 gramas de cocaína, que trazia na sua mala – bagagem de porão.

O outro detido, que viajava igualmente de São Paulo, no Brasil, mas com destino a Genebra, na Suíça, trazia no interior do organismo 933 gramas de cocaína, acondicionadas em 78 cápsulas, que engolira momentos antes do voo, sustentou o MP.