Um grupo de quatro indivíduos suspeitos de atuarem de forma organizada no furto e tráfico de viaturas na região norte de Portugal foi desmantelado esta sexta-feira numa operação da GNR em que foi recuperado diverso material.

A operação incidiu em quatro distritos, nomeadamente Bragança, Vila real, Viseu e Guarda e juntou 53 elementos da GNR de cada um dos territórios, assim como a Unidade de Intervenção, tendo culminado esta sexta-feira de madrugada com a detenção em flagrante delito de dois indivíduos, após furtarem uma viatura tipo Pickup.

De acordo com informação disponibilizada à Lusa pela GNR, no seguimento desta detenção, foram realizadas 13 buscas domiciliárias nos quatro distritos e detidos mais dois indivíduos, além de ter sido recuperado vário material relacionado com o tráfico e viciação de viaturas.

Entre o equipamento encontrado estão um trator agrícola, um veículo ligeiro de mercadorias, quatro motores de veículos já desmantelados, quatro motosserras, três roçadoras, três motores de rega e diverso material de veículos já desmantelados.

Na lista encontram-se ainda quatro armas de caça, 345 munições de calibres diversos e cerca de 20 mil euros em dinheiro.

As autoridades estão convencidas de que “este grupo agora desmantelado se dedicava ao furto de veículos de forma organizada e reiterada, atuando em diversos concelhos da região norte, nomeadamente Chaves, Alfandega da Fé, Torre de Moncorvo, Vila Flor, Macedo de Cavaleiros, Boticas e Murça".

O grupo suspeito dedicava-se, ainda segundo a fonte, “essencialmente ao furto de veículos ligeiros de mercadorias 4X4 e veículos ligeiros de mercadorias de Marca Toyota e Mitsubishi para depois serem transportadas para outros concelhos onde eram desmanteladas e vendidas a peças ou viciadas”.

Os quatro detidos, com idades entre os 39 e os 63 anos, deverão ser presentes, no sábado de manhã, no Tribunal da Comarca de Bragança para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.