A PSP informou esta segunda-feira que acredita ter desmantelado uma «importante rede de tráfico de estupefaciente» que atuava na zona de Belas, concelho de Sintra, após a detenção de três suspeitos em flagrante delito.

A detenção dos três homens, com idades entre os 21 e os 39 anos, resultou de uma investigação que a Divisão de Investigação Criminal da PSP estava a levar a cabo há 10 meses.

«Os detidos dedicavam-se à venda direta de haxixe e cocaína a inúmeros consumidores que os contactavam em locais previamente estabelecidos, operando de forma organizada e com funções devidamente definidas», refere o comunicado citado pela Lusa.

A PSP realizou também cinco buscas domiciliárias, que resultaram na apreensão de mais de 10 mil doses de haxixe, 17 doses de cocaína, 16 doses de liamba, mais de dois mil euros em dinheiro, sete telemóveis, duas balanças de precisão e uma viatura.

Os homens, que tinham antecedentes criminais, foram detidos na Amadora, em Belas e em Queluz (concelho de Sintra).

Um dos suspeitos ficou em prisão preventiva, enquanto os outros dois ficaram sujeitos a apresentações periódicas.

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP informou também que deteve no passado domingo, quatro homens, em Lisboa, acusados de tráfico de droga.

A polícia avançou que abordou os homens «junto de um estabelecimento conotado com o tráfico de droga» e apreendeu mais de duas mil doses de estupefacientes, 10 mil euros em notas do Banco Central Europeu, uma arma de alarme e munições.

Os suspeitos, com idades entre os 41 e os 57 anos, foram presentes ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, desconhecendo-se as medias de coação.