Um homem matou o genro a tiro de caçadeira no Furadouro, concelho de Torres Vedras e, depois do crime, esperou pela chegada da polícia ao local do crime para se entregar, disse hoje à agência Lusa fonte policial.

O homem, na casa dos 80 anos, terá agido para se vingar do genro, na casa dos 60, alegadamente por este agredir os sogros e exercer violência doméstica sobre a filha, que veio a falecer há quatro anos de ataque cardíaco, explicou a mesma fonte à agência Lusa.

Em circunstâncias que estão por apurar, o octogenário atingiu a tiro o genro no tronco, numa zona vital, causando-lhe a morte ainda no local.

Pelas 22:00 de sexta-feira, os militares da GNR foram chamados ao local, onde foram esperados pelo homicida, que se encontrava armado.

O agressor foi detido e veio depois a confessar o crime.

O corpo da vítima permaneceu no local e só foi assistido pelos bombeiros e pela Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Torres Vedras, depois de o sogro ter sido detido.

A vítima acabou por falecer ainda no local, no distrito de Lisboa.

A investigação do caso foi entregue à Polícia Judiciária.