«Acho uma injustiça que o senhor esteja preso, está inocente. Ele é um bom homem», afiançou Júlia Matos, uma das presentes na manifestação.