A praia urbana do Torel, em Lisboa, não se vai realizar este ano porque o jardim que a alberga vai estar em obras, disse esta sexta-feira à Lusa o presidente da Junta de Freguesia de Santo António.

Este ano não vai haver praia. O jardim [do Torel] vai estar em obras para reabilitação do espaço e as obras só se podem fazer em agosto porque é o único mês em que a escola [situada abaixo do jardim] está fechada”, explicou Vasco Morgado.

É chato, mas são necessárias as obras”, acrescentou.

Em pleno centro de Lisboa, a praia urbana do jardim do Torel foi inaugurada em 2014 numa iniciativa da Junta de Freguesia de Santo António, e nesse ano recebeu mais de 80 mil pessoas.

No arranque da segunda época balnear, a 01 de agosto de 2015, o autarca perspetivou que a afluência fosse, “pelo menos, idêntica” à de 2014, mas contabilizou-se menos cerca de 20 mil utilizadores.

A coordenadora do pelouro da Cultura da Junta de Freguesia de Santo António, Filipa Veiga, atribuiu essa redução de visitantes ao facto de a praia “já não ser novidade”.

No ano passado, aquela Junta investiu à volta de 10 mil euros na organização da praia do Torel.