A GNR intensifica, de segunda-feira até domingo, as ações de controlo de velocidade nas vias de maior risco em acidentes de viação, depois de, este ano, já terem sido detetados mais de 100 mil condutores em excesso de velocidade.

Segundo a GNR, a operação "Tispol Speed Operation" decorre em todo o país, com equipamentos de controlo de velocidade móveis e fixos, e incide sobre as vias onde o excesso de velocidade apresenta um risco acrescido de acidentes de viação, em particular nas vias situadas no interior das localidades.

Em 2016, foram controlados mais de cinco milhões de condutores, dos quais mais de 100 mil circulavam em excesso de velocidade, com o distrito de Aveiro a registar o maior número de infrações (13.722), seguido de Leiria (12.264) e Lisboa (11.459).

Porto (9.440) e Setúbal (8.283) foram outros distritos com um elevado número de condutores detetados em excesso de velocidade, tendo Portalegre (930) sido o distrito com menos infrações nesse capítulo.

A GNR lembra que o excesso de velocidade é uma das principais causas da sinistralidade rodoviária, com mortos e feridos graves, em Portugal.