O homem detido esta sexta-feira, no Algarve, por suspeitas de ações bombistas já está a ser ouvido no tribunal de comarca de Évora. De acordo com o que a TVI conseguiu apurar, o homem deverá voltar a Évora na próxima segunda-feira, mas para ser ouvido no Tribunal de Relação, por causa do processo de extradição.
 
O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, esta sexta-feira, no Algarve, um cidadão estrangeiro procurado pelas autoridades indianas por homicídio e ações bombistas. 

Em comunicado enviado às redações, o SEF não especificou a localidade algarvia onde o suspeito se encontrava, avançando, apenas, que foi detido numa unidade hoteleira. 

O homem, com cerca de 40 anos, é considerado perigoso e violento, segundo indica o mandado de detenção para extradição da Interpol, cumprido pelo SEF.