pelo sismo pode chegar aos dez mil.

“Neste momento, são vinte e um portugueses” que foram identificados no Nepal, disse José Cesário.

De acordo com o secretário de Estado, “há sete que já saíram do país, alguns estão em via de sair e há outros que pretendem ficar”.


“É uma contabilidade que nós não sabemos quando é que vai acabar. Nenhum destes cidadãos está registado em lado nenhum. Estamos a aguardar", afirmou.
















Héli Camarrinha decidiu ficar no país para ajudar.

http://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/conselhos-aos-viajantes