Um suspeito de tentar matar com arma branca um jovem junto à igreja de Paranhos, no Porto, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ), anunciou esta segunda-feira aquela autoridade policial.

Em comunicado, a PJ refere que o caso de homicídio na forma tentada ocorreu na sexta-feira, cerca das 04:00, nas proximidades da igreja de Paranhos, local para onde se deslocaram a vítima, de 24 anos, e o suspeito de 26 anos, com o “intuito de fumar um cigarro e conversar”.

Por razões ainda não concretamente apuradas, o suspeito, já fora da viatura, desferiu várias facadas na vítima, algumas das quais pelas costas”, descreve a PJ, acrescentando que a vítima depois de ter ficado “gravemente ferida e caída no solo”, foi “ainda agredida com um bloco de cimento na cabeça”.

A gravidade dos ferimentos colocou a vítima, ainda internada, em perigo de vida.

O detido, assistente operacional num ‘call center’ e estudante de Medicina, sem antecedentes criminais, ficou em prisão preventiva depois de ouvido por um juiz de instrução.