A Polícia Judiciária de Aveiro deteve um homem suspeito de ter baleado outro com tiros de caçadeira, após desentendimentos relacionados com a cobrança de uma alegada dívida.

Em comunicado, a PJ refere que os factos ocorreram no passado mês de fevereiro num acantonamento, no concelho de Oliveira do Bairro.

Segundo a polícia, o suspeito procurou um outro indivíduo, seu conhecido, para cobrar uma dívida relacionada com o negócio de um automóvel, acabando por se desentender.

"No quadro de tensão que se gerou entre ambos o suspeito acabou por alvejar a vítima com disparos de espingarda caçadeira, provocando-lhe ferimentos que determinaram intervenção médica de urgência e internamento hospitalar", refere o comunicado, citado pela Lusa.

O paradeiro do suspeito era desconhecido desde a consumação do crime, tendo sido agora localizado pela PJ.

No âmbito de buscas domiciliárias realizadas no local onde o suspeito morava foram apreendidas dezenas de munições de vários calibres e duas armas de fogo, uma delas de calibre 9 milímetros e de modelo habitualmente usado por forças militares ou policiais.

Além do indivíduo acusado de homicídio na forma tentada foram detidos outros dois homens e uma mulher por crime de detenção de arma proibida.

Os detidos, com idades entre os 26 e os 43 anos, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva ao suspeito de tentativa de homicídio, ficando os restantes sujeitos a termo de identidade e residência.