As temperaturas vão subir uma média de 2/4 graus por dia entre sexta-feira e terça-feira, devendo no fim de semana ultrapassar os 40 graus no Alentejo, disse à agência Lusa a meteorologista Ângela Lourenço.

“As previsões para os próximos dias, para o território do continente e arquipélago da Madeira, são de subida gradual da temperatura, que vai persistir até dia 30 de junho. Os valores mais significativos dessa subida serão nas regiões do interior, especialmente no Alentejo, que vai registar os valores mais elevados, acima dos 40 graus”, adiantou.


De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), entre sexta-feira e terça-feira da próxima semana as temperaturas máximas vão subir uma média de 2/4 graus por dia.

“Para sábado, estamos a prever para Beja e Évora temperaturas já próximas dos 40 graus, sendo que em alguns locais destes distritos do Alentejo poderão registar-se valores acima dos 40 graus”, avançou, acrescentando que estes valores vão manter-se até segunda-feira.


Ângela Lourenço explicou à Lusa que comparativamente com o episódio de tempo quente do fim de semana passado, os próximos dias vão ser quentes, mas com algumas diferenças nas regiões do litoral.

“O litoral norte e centro, como seja Porto, Leiria, Braga e mesmo Lisboa vão estar mais salvaguardados com uma subida menos acentuada. Os valores mesmo assim vão situar-se entre 30 e 35 graus. Apesar disto, o tempo quente vai notar-se menos. O vento vai soprar fraco e junto às praias existirá sempre um efeito de brisa, em particular na costa ocidental, nas praias a sul do Cabo Carvoeiro”, salientou.


A meteorologista alertou ainda para a previsão para os próximos quatro dias de uma subida das temperaturas mínimas.

“Em algumas regiões do sul irão registar-se valores acima dos 20 graus. Vamos ter ‘noites tropicais’ e, em particular, nos distritos de Faro, Évora Beja e pontualmente Portalegre, Castelo Branco”, concluiu.